SEMANA DE ARTE DE SP - 2018

SOLO SHOW IGOR VIDOR

BOOTH 25 - Pavilhão das Culturas Brasileiras
Parque do Ibirapuera / São Paulo, Brasil

Borda e Alegria

Borda e Alegria são composições feitas a partir de armações de pipas, vazadas, e seus respectivos padrões geométricos desenvolvidos em papéis de seda. A série faz parte de um levantamento sobre o desenvolvimento de padrões geométricos por artesãos e produtores de pipas. Além de ser um objeto lúdico e tradicional, as pipas originais trabalham a complexidade de construção dos padrões geométricos em sua confecção, independentemente de qualquer padrão já postulado pela história das vanguardas brasileiras.

Esquemas

Cartuchos de balas recolhidos em locais de conflitos entre diferentes poderes bélicos na cidade do Rio de Janeiro, colocados entre planos que por sua vez se desarranjam. O artista defende a ideia sobre a falência de um plano de país que simboliza um funcionalismo asséptico. Plano que não previu ou incluiu o corpo, que não participa do contrato social, prometido desde a construção da atual capital federal, como pensamento desenvolvimentista, visto também na elaboração da abstração geométrica no país.