Lyz

Parayzo

Lyz Parayzo

Vive e trabalha em São Paulo e agora está em um programa de intercâmbio na École nationale supérieure des Beaux-Arts. Em 2018 foi selecionada para a residência artistica da FAAP e do projeto Pivô Pesquisa além de ter feito sua primeira individual como finalista do do prêmio EDP no Instituto Tomie Ohtake. A primeira artista não binária a ser indicada ao prêmio PIPA (2017) e a entrar nas coleções de museus no Brasil. É ativista LGBTQ+, joalheira, escultora e performer. Graduanda em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Formou-se como artista visual na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage (2013-2016). Tem o corpo como principal suporte de trabalho e sua performatividade diária como plataforma de pesquisa. Vem desenvolvendo atualmente esculturas e objetos em prata, ferro e alumínio. Faz parte das coleções do Museu de Arte Contemporânea (MAC) de Niterói e Museu de Arte do Rio (MAR), Museu de Arte de São Paulo (MASP), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-Rio) e Casa de Cultura da América Latina em Brasília.

Já participou de mostras e coletivas nacionais e internacionais dentre as principais: Histórias Feministas (MASP); Prêmio EDP (Instituto Tomie Ohtake); Anuário (Galeria Municipal do Porto, Portugal); I Salão de Pequenos Formatos (MABRI , Goiânia); Mulheres no Acervo do MAR (MAR) ; Adorno Político (Maus Hábitos, Portugal); Mostra Verbo (Galeria Vermelho, São Paulo); Virada Cultural (SESC Avenida Paulista); Histórias da Sexualidade (MASP); Inauguração do SESC 24 de maio; Mostra Performatus 2 (SESC Santos); 2 gran Bienal Tropical (Porto Rico), Imersões (Casa França- Brasil, Rio de Janeiro), Encruzilhada (Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro); Abre Alas 13 (Galeria A gentil Carioca, Rio de Janeiro).

Expos Individuais

2019
Quem tem medo de Lyz Parayzo? – Curadoria: Tales Frey. Galeria Verve, São Paulo, Brasil

Lyz 40° – Curadoria: Gabriela Davies. Galeria Aymoré, Rio de Janeiro, Brasil





Expos Coletivas

2019
Pensa Rápido, Curadoria: Eduarda Freire. São Paulo, Brasil

A porra da arte. Curadoria: Oswaldo Carvalho. Rio de Janeiro, Brasil

Triangular: Arte deste século. Casa Niemeyer. Brasília, Brasil

Mulheres da Arte Brasileira – Entre dois vértices. Curadoria: Pollyana Quintela. Centro Cultural São Paulo (CCSP). São Paulo, Brasil

Estratégias do feminino. Curadoria: Fabricia Jordão, Daniela Thomas, Helena Severo e Rita Sepúlveda. Santander Cultural – Porto Alegre, Brasil

Histórias Feministas. Curadoria: Isabella Rjeille. Museu de Arte de São Paulo (MASP) – São Paulo, Brasil

Atentxs e Fortes. Curadoria: Clauber Diniz. Casa de Cultura da América Latina. Brasília, Brasil

Anuário. Galeria Municipal do Porto. Curador: João Ribas e José Maia. Porto, Portugal

O corpo além do corpo. Espaço Ponder 70. Curadoria: Carollina Lauriano. São Paulo, Brasil. - Impávido Colosso. Espaço Mesa. Curadora: Pollyana Quintela. Rio de Janeiro, Brasil

Passeata. Galeria Simone Candineli. Curadora: Isabel Portella. Rio de Janeiro, Brasil. - Jungle Juice. Casa da Luz. São Paulo , Brasil



2018
Prêmio EDP. Instituto Tomie Ohtake. São Paulo, Brasil

Tensões Contidas. PUC SP. São Paulo, Brasil

Falo Mágico. Galeria Lamb Arts.Curador :Camila Yunes. São Paulo, Brasil

Adorno Politico. Maus Hábitos. Curador: Tales Frey. Porto, Portugal

Mulheres na Coleção do MAR. Museu de Arte do Rio. Rio de janeiro, Brasil

Interstícios. Átomos. Curadores: Manoela Medeiros e Romain Dumesnil. Rio de Janeiro, Brasil

Vozes Agudas. Curadora: Carollina Lauriano. Studio 397. São Paulo, Brasil

Mostra de performance Verbo – Galeria Vermelho. São Paulo, Brasil

A retomada da imagem será a presença. Curadora: Agrippina Manhattan. Galeria Oriente. Rio de Janeiro, Brasil

Faça Você Mesm_. Curador: Alexandre Sá. Mesa. Rio de Janeiro, Brasil

2017
Histórias da Sexualidade. Curadoria: Adriano Pedrosa, Camila Bechelany, Lilia Schwarcz e Pablo Leon de La Barra. Museu de Arte de São Paulo (MASP). São Paulo, Brasil

Os corpos são as obras. Curadoria: Guilherme Baderna e Pablo Leon de La Barra. Largo das Artes.Rio de Janerio, Brasil

Inauguração do Sesc 24 de Maio.Sesc 24 de Maio.São Paulo, Brasil

Mostra Performatus #2. Paulo Aureliano da Mata e Tales Frey. SESC Santos.São Paulo, Brasil

Imersões. Curadoria Cadu Costa, Marisa Flórido, Efrain Almeida e Marcelo Campos. Casa França-Brasil.Rio de Janerio, Brasil

Abre Alas 13. Curadoria Maria Laet, Marcio e Mara Fainziliber e Bernardo de Souza. Galeria A Gentil Carioca. Rio de Janeiro, Brasil

Experiência n6 – Uterotopias. Curadoria Leonardo Bertolossi. Espaço Mesa.Rio de Janeiro, Brasil



2016
2 Gran Bienal Tropical. Curadoria Marina Reyes Franco, Radames Juni Figueroa, Jesús Bubu Negrón y Pablo Leon de la Barra. Porto Rico

Bem Me Cuir. Curadoria Sara Panamby e Felipe Espindola. Centro Municipal Laurinda dos Santos. Rio de Janeiro, Brasil

Descamada. Curadoria Gabriel Moraes de Aquino e Bárbara Morais. Antiga Fábrica da Bhering. Rio deJaneiro, Brasil

Experiência n6 – Compasso Binário. Curadoria Analu Cunha. Espaço Mesa. Rio de Janeiro, Brasil

Almoço performático La Boca com Lyz Parayzo. Curadoria Camila Rocha Campos e Thelma Vilas Boas

Capacete. Rio de janeiro, Brasil

Noites Performáticas. Curadoria Fernando Codeço. Galeria Índica Arte e Design. Rio de Janeiro, Brasil

Da Urgência de Cada Um. Curadoria Alexandre Sá e João Modé. Despina/ Largo das Artes. Rio de Janeiro, Brasil

Mostra de verão: Videoarte e videoinstalação. Curadoria Analu Cunha. Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho/Castelinho do Flamengo. Rio de Janeiro, Brasil

2015
Bem Me Cuir. Curadoria Filipe Espinola e Sara Panamby. Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Coleções

Museu de Arte do Rio (MAR)

Museu de Arte contemporânea de Niterói (MAC- Niterói) - Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-Rio)



Museu de Arte de São Paulo (MASP)



Casa Niemayer (Brasília)

Prêmios

Indicada ao Prêmio PIPA 2017



Finalista do Prêmio EDP das Artes em 2018



Indicada ao Prêmio CIFO 2020

Residências

Pivô Pesquisa, SP, Brasil – 05/2018 a 08/2018



Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), SP, Brasil – 02/2018 a 04/2018



Despina, RJ, Brasil - 05/2017 a 06/2017

Selecionada para o programa Arte e Ativismo na América Latina

Salões

I Salão de Pequenos Formatos do Museu de Arte de Britânia (GO)





Formação Complementar

2018
Acompanhamento de projeto. Instituto Tomie Othake. Cood.: Pedro França e Paula Myada

2017
Antropologias da Arte. Centro Cultural da Justiça Federal. Coord.: Nina Vicente e Leonardo Bertolosse

2016
Videoarte. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Analu Cunha

Videoinstalação. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Analu Cunha

Montagem de exposição. Casa França-Brasil. Coord.: Victor Lorenzetto

Imersões Poéticas. Casa França-Brasil. Coord.: Cadu Costa, Efrain Almeida e Marcelo Campos



2015
Teorias da Arte. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Fernando Cocchiarale

Práticas Artísticas Contemporâneas – nível 1. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Lisette Lagnado

Programa Curador visitante. Escola de Artes visuais do Parque Lage. Coord.: Daniela Labra e Marta Mestre

Curso de Formação de Mediadores I Laboratório do Amanhã. Museu de Arte do Rio. Coord.: Clarissa Diniz. Com Gleyce Kelly Heitor, Guilherme Teixeira, Karen Aquini



2014

Crítica, Criação e Circuitos – Instâncias da Arte Contemporânea Brasileira. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Ivair Reinaldim

Arte no Brasil - Do Moderno ao Contemporâneo. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.:Guilherme Bueno

Capacitação de Mediadores. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Tania Queiroz, Maria Tornaghi e Cristina de Pádula

2013

Fundamentação. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Coord.: Cristina de Pádula, Alexandre Dacosta e Ivair Reinaldim