Élle de
Bernardini

Élle de Bernardini

Vive e trabalha em São Paulo

Tem formação em ballet clássico pela Royal Academy of Dance de Londres. Foi aluna dos mestres japoneses de Butoh, Yoshito Ohno e Tadashi Endo. Suas obras abordam a intersecção entre, questões de gênero, sexualidade, política e identidade com a história da humanidade e da arte. Desenvolvem-se em diferentes suportes como, performance, fotografia, vídeo, objeto, pintura, instalação e site-specific. Seu trabalho vem sendo exposto em instituições nacionais como, Museu de Arte de São Paulo, MASP, Museu de Arte do Rio, Museu de Arte do Rio grande do Sul, Memorial da America Latina, MAC-RS, Pivô Arte e Pesquisa, Farol Santander, Centro Cultural São Paulo. E em instituições internacionais em, Portugal, Colombia, Argentina, Inglaterra e Estados Unidos. Suas obras integram coleções públicas e privadas como, Museu de Arte do Rio Grande do Sul / MARGS, Porto Alegre. MAC-RS, Porto Alegre. MAC-Niterói, Rio de Janeiro. Coleção Santander Brasil, São Paulo. Museu de Arte do Rio / MAR, Rio de Janeiro. Museu de Arte Moderna do Rio / MAM-Rio, Rio de Janeiro.

Formação

Bacharelado em Filosofia - Universidade Federal de Santa Maria, Brasil (em curso)



Ballet Clássico, Royal Academy of Dance - Londres, Reino Unido (completo) Butoh, Yoshito Ohno e Tadashi Endo – Londres, Reino Unido (completo)



Bacharelado em Comunicação Social, Jornalismo - UNIFRA, Santa Maria, Brasil (incompleto) Licenciatura em Teatro - Universidade Federal de Santa Maria, Brasil (incompleto)

Expos Individuais

2018
A Imperatriz - Salas Negras, Museu de Arte do Rio Grande do Sul / MARGS, Porto Alegre, Brasil



2016
Instalação. Ponto Limítrofe. Curadoria: Jaqueline Sampaio e Verônica Vaz - Instituto Estadual de Artes Visuais RS, Fotogaleria Virgílio Callegar, Casa de Cultura Mario Quintana, Porto Alegre, Brasil



2015
Instalação. Leito – Museu de Arte de Santa Maria, Santa Maria, Brasil

Expos Coletivas

2019
Coletiva. O Corpo Além do Corpo. Curadoria: Carollina Lauriano - Ponder70. São Paulo, Brasil

Coletiva. Ipêrformático II. Curadoria de artistas convidadas: Alice Yura - MARCO, Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso. Campo Grande, Brasil

Coletiva. Inauguração da Represa do Pacaembú. Projeto "Banheirão": João GG - Casa Alagada. São Paulo, Brasil

Coletiva. Limiar - Sesc Bauru. Bauru, Brasil

Coletiva. A Escatologia do Corpo Glorioso. Curadoria: Ío - Galeria Prego. Porto Alegre, Brasil

Coletiva. Manjar para habitar liberdades. Curadoria: Bernardo Mosqueira e keyna Eleison – Solar dos Abacaxis, Rio de Janeiro, Brasil - Performance. Apesar das Ruínas e da Morte. Com parceria da Luz de Pandora – Pivô Arte e Pesquisa, São Paulo, Brasil

Histórias da Feminilidade Artistas Mulheres Depois de 2000. Curadoria: Isabella Rjeille – MASP, São Paulo



2018
Performance. Experimento Para Desconstruir a Normatividade - Galeria Península, Porto Alegre, Brasil

Performance. Dance With Me - Galeria Península, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. Cuerpo Testimonio > Fuera Performance - La Chatica: Centro de Investigacion y Produccion de Arte, Bogotá, Colombia

Coletiva. I Encontro de sharing knowledge e Festival de Performances BucÉtyko de Pornoklastya - Al Janiah, São Paulo, Brasil

Coletiva. Registro N.2. Curadoria: Charlene Cabral e Diego Groisman - Casa Baka, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. A Retomada da Imagem Será a Presença. Curadoria: Agrippina R Manhattam - Galeria Oriente, Rio de janeiro, Brasil

Coletiva. II Movediça _ Mostra de Performance Arte - Estúdio Lâmina, São Paulo, Brasil

Open Studio. Performance. Bááárbaros - Pivô Arte e Pesquisa, São Paulo, Brasil

Coletiva. Trans-in-corporados - Org.: UFRJ, Labcrítica, Capes, Goethe Institut - Museu de Arte do Rio / MAR, Rio de Janeiro, Brasil - Coletiva. GenerosidadeS _ arte e o transbordamento de gêneros. Curadoria de performances: Monica Lopes Galvão - Sesc Santo Amaro. São Paulo, Brasil

Coletiva. Expo 1806. Curadoria: UsinaQuatorze Coletiva de Arte - Museu Municipal, São José dos Campos, Brasil

Coletiva. Taller Abierto. Curadoria: Thiago Saraiva - Kasa Risomatikx. Buenos Aires, Argentina

Coletiva. Adorno Político. Curadoria: Tales Frey - Espaço Maus-Hábitos e Saco Azul. Porto, Portugal

2017
Coletiva. "Noite dos Museus". Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul/MACRS, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. #2 Mostra Performatus. Curadoria: Tales Frey e Paulo Aureliano da Mata - Sesc Santos, São Paulo, Brasil

Coletiva. RASGO #ZERO festival de ação. Propositores: Chico Machado, Isabella de Mendonça, Jordi Tarso- Atêlie Subterrânea, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. EX_Tensão IV Edição, Mostra de performances e work in progress - Espaço MOVA, Rio de Janeiro, Brasil

Coletiva. Primeira Mostra Multicultural LGBT - Salão da SUCV, Santa Maria, Brasil

Coletiva. Corpus Urbis, Mostra de Performance - Galeria de Artes do Curso de Artes Visuais da Unifa, Macapá, Brasil

Coletiva. DESOVA, Mostra de Performance e Nova Mídias - Associação Fotoativa, Belem do Pará, Brasil

Coletiva. Transitória Mostra de Performance - Galeria Gerd Bornhein, Caxias do Sul, Brasil

Coletiva. Queermesse de São Sebatião - Departamento de Artes Dramáticas da Ufrgs, Porto Alegre, Brasil



2016
Coletiva. Ruído.Gesto Ação & Performance – FURG, Rio Grande, Brasil

2015
Performance. Bááárbaros – Praça Saldanha Marinho, Santa Maria, Brasil

Coletiva. Salão de Outono da America Latina – Memorial da America Latina, Galeria Marta Traba, São Paulo, Brasil

Coletiva. "Caro, Cara, Retratos Correspondentes no Acervo MARGS e Artistas Convidados". Curadoria: André Venzon – Museu de Arte do Rio Grande do Sul, MARGS, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. PERTURBE 2015 - Bicicletaria Cultural, Curitiba, Brasil

Coletiva. "Trabalha-Dores do Cu". Curadoria: Paula Aureliano da Mata e Tales Frey - Espaço Maus-Hábitos, Cidade do Porto, Portugal

2014
Butoh. Via Láctea - Planetário da Gávea, Rio de Janeiro, Brasil

Performance. O Afogamento – Livraria Athena, Santa Maria, Brasil

Butoh. Lírio Meu - Museu de Arte de Santa Maria, Santa Maria, Brasil

Performance. Campo de Contato Ação I: Sem Título – Ruínas Estação Férrea, Santa Maria, Brasil

Instalação performática. Naval – Brasil à Deriva – Macondo Lugar, Santa Maria, Brasil

Butoh. Líria Meu - Mostra Inverno de Dança da Cidade – Teatro Renascença, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. Fresh Face. Curadoria: Talitha Motter e Paola Fabres – Galeria Galpon, Porto Alegre, Brasil

Coletiva. Ruído.Gesto Ação & Performance – FURG, Rio Grande, Brasil

Coletiva. Salão Latino Americano de Artes Plásticas – Museu de Arte de Santa Maria, Santa Maria, Brasil

2013
Butoh. Corpo à Beira da Crise - Casa de Cultura Mario Quintana, Porto Alegre, Brasil - Butoh. Via Láctea - Museu de Arte de Santa Maria, Santa Maria, Brasil

Butoh. Ankoku Te - V Salão de Dança do Rio Grande do Sul, Santa Maria, Brasil

2012
Butoh. London, Butoh London - London Tower, Londres

Bienais

2019
Bienal Internacional de Performance Ativismo, Bogotá, Colombia



Coleções

INSTITUCIONAIS

Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli - MARGS. Porto Alegre, Brasil

Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul - MAC-RS. Porto Alegre, Brasil



Museu de Arte Contemporânea de Niterói - MAC-Niterói. Niterói, Brasil

Coleção Santander Brasil, São Paulo, Brasil



Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

Museu de Arte Moderna do Rio - MAM-Rio. Rio de Janeiro, Brasil

Coleção Performatus, Porto, Portugal

Residências

2019
Programa de Residência Pivô Pesquisa. Projeto: Formas Contrassexuais. São Paulo, Brasil – Acompanhamento curatorial: Camila Bechelany. Período; maio à agosto

Programa de Residência Despina. Projeto: Yes! We Can - Despina, Rio de Janeiro, Brasil - Período: novembro



2018
PPPP Programa Público de Performance Península, #6 residente. Projeto: Transgenealogia. Acompanhamento curatorial: Andressa Cantergiani - Galeria Península, Porto Alegre, Brasil - Período: janeiro

Programa de Residência Artística Adelina. Projeto: Cidade, Feminilidade e Dissidência. Acompanhamento curatorial: Josué Mattos - Instituto Adelina, São Paulo, Brasil - Período: agosto e setembro



Imprensa

Transgenealogia: Diário de Residência Artística. eRevista Performatus, Inhumas, ano 7, n. 20, abr. 2019



Porque Há o Direito ao Grito, Então Eu Grito: “Bááárbaros”. eRevista Performatus, Inhumas, ano 3, n. 14, jan. 2015 O Eterno Retorno ao Labirinto do Minotauro. Da Mata, Frey e Macedo (Orgs.): “Cia. Excessos: Entre Arquivo e Práticas Contemporâneas”. Paco Editora. 2015



Ressignificação Coletiva da Memória dos Sentidos: Um Processo Artístico com Performance. eRevista Performatus, Inhumas, ano 2, n. 12, out. 2014