ADRIANNA

EU

Adrianna Rabello Pereira Rodrigues Alves
Rio de Janeiro, RJ, 1972

Reside e trabalha no Rio de Janeiro. Formada pela Escola de Artes Visuais EAV – Parque Lage (RJ) onde frequentou cursos de Malu Fatorelli entre 2003 e 2006; e em Filosofia, com Auterives Maciel, no Museu da Republica entre 2003 e 2007. Desde 2010 frequenta o Grupo Alice de Estudos e Projetos, coordenado por Brígida Baltar e Pedro Varela.

Como nome artístico adotou “Adrianna eu” (nome que a representaria), pensando nisso como um nome-trabalho. Tendo como um de seus temas as relações das pessoas com a própria identidade, foi tomada por um desejo de ter no seu seu próprio nome uma “provocação” que já considera como um trabalho inicial . Adrianna Eu é um nome-trabalho que pretende provocar no outro um sentimento de reflexão . Com a intenção de gerar um estranhamento e levantar as questões dos limites do próprio eu, para cada lugar que a artista viaja, o pronome “eu”, por não se tratar de um sobrenome, é traduzido para a língua local, possibilitando assim que o processo de estranhamento intencionado se construa.

Em 2005 após ver a peça de Denise Stoklos (Destruição e reconstrução do pai) sobre a vida da escultora Louise Bourgeois no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, por incentivo e ajuda de Denise, foi ao encontro da artista, em sua casa em Nova York para mostrar seu trabalho. A convite de Bourgeois, voltou mais uma vez. Em 2006 ganhou o Primeiro Prêmio do Salão Arte Pará. Adrianna Eu gosta de pensar que sua trajetória é traçada pelo desejo.

Expos Coletivas

2016
“Aquilo que nos une”, Caixa Cultural do Rio de Janeiro, RJ. Curadoria Isabel Portella

2015
“Contextos Contemporâneos”, Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, RJ

2014
“Primeiro estudo: sobre amor”, Galeria Luciana Caravello, RJ. Curadoria Bernardo Mosqueira

2011
Salão Novíssimos do IBEU, Rio de Janeiro, RJ
ARTRIO, Rio de Janeiro, RJ

2010
Feito com carinho – stand do Rio de Janeiro na Feira de Arte Impressa, Galeria Vermelho, São Paulo, SP



2009
Sangue novo – Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ

2008
Morro das Artes IPHAN – Intervenções urbanas, Rio de Janeiro, RJ
Residência e construção de instalação para acervo permanente a convite da Galeria Real, Amman/Jordânia

2007
Primeiro Encuentro Entre Dos Mares – Bienal São Paulo / Valência, Espanha Abre-Alas – Galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, RJ



2006
Mostra de Vídeoperformances Latino-Americana – Bienal “Performers”
Primeira Bienal Internacional de Performance – Galeria Ojo de Bueu, Instiituto Arcos, Santiago, Chile
The Bolivarian Dream – Mostra de vídeo-arte Latino Americana Contemporânea – organizada por Hoffman’s House, Centro Cultural La Moneda, Santiago, Chile,
Rede Nacional Artes visuais – FUNARTE, Museu Bispo do Rosário, Rio de Janeiro, RJ
Site specific – SP Artes sem barreiras – FUNARTE

Prêmios e Bolsas

2006
Primeiro Prêmio do Salão Arte Pará

Residências

2008
Residência e construção de instalação para acervo permanente a convite da Galeria Real, Amman/Jordânia

Expos Individuais

2014
O mais profundo pensamento é um coração batendo, Casa Porto, RJ

2005
Trabalhos Recentes – Comemorativa de 20 anos do Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ

Coleções

PARTICULARES
Alvaro Piquet
Genny e Selmo Nissenbaum
Ludwig Danielian
Marcio Fainziliber
Paulo Herkenhoff
Sergio Fadel



NSTITUCIONAIS
Galeria Real – Amman/Jordânia
Museu Romulo Maiorana
MAR – Museu de Arte do Rio